Grão-de-bico. Delicioso e saudável.

Atualizado: Set 17

Saboroso e simples de ser preparado, o grão-de-bico é um tipo de leguminosa riquíssima em diversos nutrientes. É bastante consumido no continente asiático, mas de uns tempos para cá, conquistou espaço no cardápio dos brasileiros por ser ótimo provedor de proteínas. Saiba mais sobre esse precioso grão.



Benefícios do grão-de-bico


Ótimo substituto de outras fontes proteicas

Sua abundância em proteínas permite a substituição de feijões e carnes, ideal para vegetarianos e veganos. Uma porção de 100g do alimento oferece 18g de proteínas.



Protege o coração contra doenças

O magnésio e o potássio presentes na leguminosa regulam a pressão arterial. Já as fibras e os ômegas 3 e 6 ajudam a reduzir o colesterol “ruim” e os triglicérides, que também são responsáveis por doenças cardíacas. 


Previne o desenvolvimento de diabetes

O grão-de-bico é um alimento de baixo índice glicêmico. Isso significa que ele libera açúcar aos poucos no organismo, e não de uma vez, evitando picos de açúcar no sangue. Essa característica, inclusive, beneficia pessoas diabéticas, sobretudo as de tipo 2.


Melhora a saúde feminina

Mulheres que sofrem com os sintomas da TPM, essa é para vocês! A vitamina B6 do grão-de-bico ajuda a regular a produção de sódio, responsável pelo inchaço nessa fase pré-menstrual). Outra substância, chamada triptofano, pode auxiliar a equilibrar o humor, que geralmente oscila antes e durante a menstruação. Já as grandes quantidades de ferro são essenciais para suprir a perda do mineral por meio do sangue menstrual. Seu consumo também é bem-vindo para gestantes pela mesma razão, principalmente por causa do ferro, que evita o quadro de anemia nas mamães.


Dicas e cuidados

  • O grão-de-bico deve ser consumido cozido. Antes de cozinhá-lo, é preciso deixá-lo de molho de 8h a 12h, sempre trocando a água do demolho (de 2h em 2h, se possível). Ao trocar a água, você notará uma espuminha branca, que é carregada de fitatos, responsáveis pelo desconforto gastrointestinal (gases, sensação e inchaço abdominal são os principais sintomas). Por fim, cozinhe os grãos na panela de pressão até que fiquem macios. 

  • Consuma da forma que preferir: apenas o grão refogado ou como acompanhamento em uma refeição; em salada, com outros ingredientes, como tomate e cebola; ou como recheio ou massa de torta, por causa de sua consistência ótima para dar corpo a receitas assim; por fim, em forma de homus, uma pasta árabe bastante popular para ser consumida com pães e saladas. 

  • Você pode comer grão-de-bico diariamente, e a recomendação é uma concha média.  Seu excesso pode ser prejudicial para quem tem problemas renais por causa das altas quantidades de potássio, que não conseguem ser devidamente filtradas pelos rins. Na dúvida, sempre consulte um nutricionista para avaliar a quantidade ou possível contraindicação. 


Fonte: cuidai.com.br/grao-de-bico/

Pratos do Shahiya com grão-de-bico:


- Pasta Homus, deliciosa como acompanhamento e para passar nos pães e torradas.


- Falafel, saborosos bolinhos fritos que acompanham molho tahine.


Shahiya - Bistrot | Rotisserie | Catering

Rua Inhambu, 790 - Moema - São Paulo/SP

11 2537.3337


19 visualizações

Receba nossas Promoções

R. Inhambu, 790 - Moema - São Paulo/SP - CNPJ 13.864.794/0001-83

11 2537.3337  -  11 2537.3397 - contato@shahiya.com.br